Sites Grátis no Comunidades.net Criar um Site Grátis Fantástico

Total de visitas: 2802458
 
As Vaginas São Como Impressões Digitais

 

http://images.comunidades.net/enf/enfermagem/216_1000.jpg

 

As va­gi­nas são como as im­pres­sões di­gi­tais; cada mu­lher tem a sua e há uma que se as­se­me­lhe "As Vezes Parecidas" a outras...

Ora ainda bem, que a vir­tude está na di­fe­rença, mas neste tempo em que se im­pu­se­ram mo­de­los fi­si­o­nó­mi­cos de uma su­posta per­fei­ção do corpo, há cada vez mais no Ocidente quem se su­jeite a ci­rur­gias plás­ti­cas para cor­ri­gir o que acha que está mal nas par­tes bai­xas – nada neste pro­ce­di­mento di­fere da mu­ti­la­ção ge­ni­tal in­fli­gida em cer­tas re­giões de África.

A única di­fe­rença está no facto de na­quele con­ti­nente se re­ti­rar o clí­to­ris, por­que se acre­dita que uma mu­lher não pode sen­tir pra­zer, quando nos Estados Unidos e na Europa são, re­gra ge­ral, os lá­bios da vulva que so­frem al­te­ra­ções, por se con­si­de­ra­rem «de­ma­si­ado» gran­des ou pequenos.

Mas até no dito «mundo ci­vi­li­zado» o clí­to­ris é cen­su­rado: nem pen­sar em tê-lo com pro­por­ções mai­o­res, pa­re­cendo um pe­queno pé­nis. O bis­turi é algo a que re­cor­rem mu­lhe­res que se acham anó­ma­las por­que as­sim a in­dús­tria da be­leza e uma er­rada ideia de fe­mi­ni­li­dade as con­ven­ceu, com a cum­pli­ci­dade de uma classe mé­dica que preza mais o di­nheiro do que a dig­ni­dade humana.

Ciente disto, o es­cul­tor bri­tâ­nico Jamie McCartney es­teve du­rante os úl­ti­mos cinco anos a pre­pa­rar a sua Great Wall of Vagina, uma ex­po­si­ção de mo­de­los em gesso das vul­vas de 400 mu­lhe­res não in­ter­ven­ci­o­na­das en­tre os 18 e os 76 anos de idade, de to­das as et­nias, con­di­ções so­ci­ais e con­fi­gu­ra­ções físicas.

É arte, mas tam­bém um en­saio an­tro­po­ló­gico e um ma­ni­festo em prol da di­ver­si­dade e da con­di­ção feminina…

Cada pai­nel junta 40 va­gi­nas, e como se­ria de es­pe­rar to­das elas dis­tin­tas. Se umas pa­re­cem uma sim­ples fenda, ou­tras são uma ex­plo­são de pre­gas de pele.

As va­gi­nas são como as im­pres­sões di­gi­tais: cada mu­lher tem a sua e não há uma que se as­se­me­lhe a outra.

Ora ainda bem, que a vir­tude está na di­fe­rença, mas neste tempo em que se im­pu­se­ram mo­de­los fi­si­o­nó­mi­cos de uma su­posta per­fei­ção do corpo, há cada vez mais no Ocidente quem se su­jeite a ci­rur­gias plás­ti­cas para cor­ri­gir o que acha que está mal nas par­tes bai­xas – nada neste pro­ce­di­mento di­fere da mu­ti­la­ção ge­ni­tal in­fli­gida em cer­tas re­giões de África.

A única di­fe­rença está no facto de na­quele con­ti­nente se re­ti­rar o clí­to­ris, por­que se acre­dita que uma mu­lher não pode sen­tir pra­zer, quando nos Estados Unidos e na Europa são, re­gra ge­ral, os lá­bios da vulva que so­frem al­te­ra­ções, por se con­si­de­ra­rem «de­ma­si­ado» gran­des ou pequenos.

Mas até no dito «mundo ci­vi­li­zado» o clí­to­ris é cen­su­rado: nem pen­sar em tê-lo com pro­por­ções mai­o­res, pa­re­cendo um pe­queno pé­nis. O bis­turi é algo a que re­cor­rem mu­lhe­res que se acham anó­ma­las por­que as­sim a in­dús­tria da be­leza e uma er­rada ideia de fe­mi­ni­li­dade as con­ven­ceu, com a cum­pli­ci­dade de uma classe mé­dica que preza mais o di­nheiro do que a dig­ni­dade humana.

Ciente disto, o es­cul­tor bri­tâ­nico Jamie McCartney es­teve du­rante os úl­ti­mos cinco anos a pre­pa­rar a sua Great Wall of Vagina, uma ex­po­si­ção de mo­de­los em gesso das vul­vas de 400 mu­lhe­res não in­ter­ven­ci­o­na­das en­tre os 18 e os 76 anos de idade, de to­das as et­nias, con­di­ções so­ci­ais e con­fi­gu­ra­ções físicas.

É arte, mas tam­bém um en­saio an­tro­po­ló­gico e um ma­ni­festo em prol da di­ver­si­dade e da con­di­ção feminina…

Cada pai­nel junta 40 va­gi­nas, e como se­ria de es­pe­rar to­das elas dis­tin­tas. Se umas pa­re­cem uma sim­ples fenda, ou­tras são uma ex­plo­são de pre­gas de pele...

Aqui no Maranhão conseguimos fotografar 24 diferentes tipos de vaginas, na capital " São Luis" e no interior do estado " Baixada Maranhense". Veja as fotos.