Total de visitas: 2778779
 
Desejo e Orgasmo

 

 Desejo

Essa é a 1a Fase Sexual, onde os instintos são estimulados e os apetites crescem. O desejo e a sensualidade são experiências subjetivas que incitam a pessoa a buscar atividade sexual. Em termos cerebrais, há mensagens neurofisiológicas que motivam a busca por sexo. Esses sinais neurológicos ainda não foram bem explicados, mas já se fala em uma espécie de Centro de Desejo Sexual no Cérebro, que seria constituído principalmente por uma pequena região cerebral denominada Claustro. Nos homens, o estímulo visual é de extrema importância para iniciar e manter o desejo sexual.

Excitação

A 2a Fase do Ciclo Sexual ocorre quando o corpo passa a responder fisiologicamente frente aos estímulos que dispararam o desejo sexual. Ou seja, a excitação é a resposta do corpo ao desejo. No homem, a excitação é demarcada pela ereção (quando o pênis fica rijo), na mulher, pela lubrificação vaginal. Duas alterações fisiológicas são as principais protagonistas nesse jogo. A congestão vascular, que é o aumento da quantidade de sangue superficial e/ou profunda acumulada em alguns órgãos do aparelho genital e extra genital, e a miotonia, que é a crescente e involuntária contração de fibras musculares.

Orgasmo

Esta é a última Fase do Ciclo da Resposta Sexual. O orgasmo, o êxtase, o gozo ou ápice de prazer é atingido quando ocorre a liberação total das tensões antes retidas, acompanhada de uma contração muscular rítmica. Nos homens observa-se a ejaculação. Acompanha-se de todo esse processo, a sensação subjetiva de profundo prazer.

Após o orgasmo, o homem tem o que se chama de Período Refratário, fenômeno este não identificado nas mulheres. É um tempo de relaxamento necessário para que ele possa reiniciar novamente a atividade sexual. Nos jovens esse período pode ser de segundos, nos mais velhos, de horas a dias.

Posições sexuais

Variar quebra a rotina

A penetração é um dos actos mais importantes durante uma relação sexual.

Obviamente, quando se faz amor, as carícias, os beijos ou os preliminares são fundamentais para o coito ser satisfatório quer para a mulher quer para o homem. Ter relações sexuais é um acto íntimo de união, é comunicar, é movimento...

Porém,se não se tiver atenção, o  acto sexual pode  rapidamente tornar-se numa autêntica monotonia. A imaginação e a inovação são importantes para que a magia associada à penetração não desapareça.

No que diz respeito à quebra da rotina, as posições sexuais assumem um papel decisivo. Existem várias, mas todas são variações de cinco posições básicas: missionário, mulher por cima, posterior, lado a lado e frente a frente.

É possível quebrar a rotina com as posições sexuais básicas, mas há que ter imaginação e criatividade. Além do mais, pode-se variar de posição durante uma mesma relação sexual, bem como explorar as variações de uma só posição.

   Posição de missionário.

O homem fica por cima da mulher

Uma posição clássica, injustamente tida como pouco imaginativa e restritiva, é na realidade uma posição bastante confortável que permite não só o contacto visual estreito, como um grande envolvimento físico. Pode-se abusar dos beijos na boca e utilizar livremente as mãos.

Se variar algumas técnicas básicas, vai aumentar não só o seu prazer como o prazer do seu parceiro

 

  • Envolva as pernas na cintura do seu parceiro, no pescoço ou nos ombros.
  • Levante as ancas ao encontro das do homem a cada movimento.
  • Rode as ancas em movimentos circulares.
  • Coloque os pés nas nádegas do homem e empurrá-lo para si.
  • Para uma penetração mais profunda, levante o mais que puder as pernas
  • Não se esqueça de contrair  os músculos vaginais.
  • Aproveite para morder suavemente o pescoço do seu companheiro e beijá-lo apaixonadamente

Mulher por cima

Tal como o nome indica, a mulher fica por cima do homem

Permite ao homem descansar e à mulher  um maior controlo na relação sexual. É igualmente uma posição confortável na medida em que permite um contacto muito íntimo entre o casal.

O homem poderá acariciar os seios da sua parceira, pois estará com os braços e as mãos disponíveis, ao contrário do que se passa na posição de missionário.

Nesta posição, a mulher pode inclinar-se para a frente ou sentar-se direita. Apenetração é mais profunda se a mulher se sentar direita.

O casal poderá injectar alguma variedade se rolar até ficar na posição de missionário.

 

Entrada Posterior 

Apesar de impedir contacto frontal, esta posição tem também vantagens:

  • A mulher tem os seios suspensos, por isso ficam mais sensíveis.
  • O clitóris e a vulva são facilmente estimulados.
  • O homem consegue uma maior estimulação no escroto.
  • A penetração é muito profunda.
  • Se o homem gostar de rabos, esta é a posição ideal para a mulher o exibir.

A entrada posterior pode funcionar com a mulher de gatas, sendo que o homem tanto pode estar de joelhos como em pé no chão ao lado da cama. Quanto mais alto estiverem as ancas da mulher, melhor será o contacto genital.

Uma variação da entrada posterior é a posição sentada.

Experimente pedir ao seu companheiro para se sentar numa cadeira. Depois basta sentar-se em cima dele de costas voltadas. Nesta variante, a mulher controla o ritmo das penetrações.

A entrada posterior também pode ser praticada deitada e em pé.

Funciona tanto em pé como sentado e é a posição ideal para praticar em pequenos espaços. Os locais adequados para praticar sexo frente a frente parecem não ter fim: banheira, elevador, mesa de cozinha, secretária, casa-de-banho do avião, escadas...

Os amantes estão frente a frente e a mulher põe as pernas em volta da cintura do homem. Ambos têm as mãos livres, embora na variação em pé o homem tenha de segurá-la caso não tenha onde se apoiar.

 

Lado a lado

Apesar de a penetração ser pouco profunda, esta é uma posição muito confortável, e que permite grande envolvimento fisico.

 As camas de solteiro ou os sofás são locais adequados para se praticar sexo lado a lado.

Eis duas variantes desta posição:

1) Tanto o homem como a mulher se deitam de lado numa posição semifetal, sendo que o homem fica atrás da mulher. Nesta variação o homem pode acariciar todo o corpo da mulher. Os beijos no pescoço também são uma boa alternativa para estimular a mulher.

2) Também deitados de lado mas frente a frente: a mulher levanta e afasta os joelhos, o homem penetra-a e depois ambos  se  movimentam-se ao ritmo que desejarem. A mulher pode acariciar o seu companheiro, já que tem as mãos livres.

 

 

 

 

 

 

Criar um Site Grátis    |    Create a Free Website Denunciar  |  Publicidade  |  Sites Grátis no Comunidades.net