Sites Grátis no Comunidades.net

Total de visitas: 2839386
 
Especiarias Afrodisíacas


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

http://enfermagem.no.comunidades.net/imagens/jorge20moraes.jpg

 

Tudo que ocorre saber sobre os afrodisíacos: as

especiarias afrodisíacas  

 

 

Alimentos e AFRODISÍACOS


O termo afrodisíaco data ao menos 5.000 anos. Segundo o Dicionário dos Afrodisíacos de H. E. Wedeck, o termo afrodisíaco deriva do mito de Afrodite, a deusa grega do
amor, a mesma teria saido do mar dentro de uma concha de ostra.

Os alimentos afrodisíacos, não são certamente uma invenção moderna. A sua origem remonta a antiguidade, da cultura egípcia, grega e romana.

Os chamados afrodisíacos seguros, como as bananas, os espargos e as cenouras, cuja forma é semelhante ao orgão sexual, são consumidos por alguns para melhorar o desejo sexual.

Outros consomem partes de animais aclamados como potentes afrodisíacos. A consumação de tais partes de animais pode resultar desagradável para algumas pessoas, enquanto outras em vez, desejam provar alguns particulares ingredientes
afrodisíacos propício a melhorar o prazer sexual.

 

 

Especiarias AFRODISÍACA


Cravo 

É um dos mais potentes afrodisíacos naturais. Além disso, é muito eficaz para combater o cansaço mental, como também a perda de memória. 

 

Coentro 

As suas sementes secas tem efeitos eufóricos, especialmente nas mulheres. É utilizado em infusões com vinho. Todavia se recomenda aos homens para não abusarem desta substância, pois neles, pode causar efeitos opostos. 

 

Jasmim 

Essa deliciosa flor é cultivada no mundo inteiro, mas é principalmente o jasmim espanhol a ser utilizado para aromatizar licores. Atenção: as sementes de jasmim são venenosas. 

 

Ginger 

É utilizado em bebidas destinadas a despertar a sensibilidade. Ingerido com moderação, causa ímpeto salutar; em dose excessiva, irrita o intestino. 

 

Almíscar 

Se trata de uma substância escura de odor muito ativo, extraida de uma glândula sito sob a pele do abdome dos cervos jovens que vivem no sudeste asiático. A respeito das suas origens não certamente apetitosas, é considerada uma panacéia para tratar epilepsia, coqueluche, febre tifóide e pulmonite. Além disso, é apreciada pelas suas virtudes afrodisíacas. É reduzido em pó e parcimoniosamente espalhado sobre a comida (causa vertigens se usado em excesso). 

 

Noz-moscada 

Não particularmente eficaz para as mulheres, mas para os homens tem a reputação de ser a melhor aliada. Provém da ilha de Banda, na Indonésia. 

 

Orégano 

Em infusão é um bom agente excitante. 

 

Pimenta de Cayenna 

Contém uma grande quantidade de vitamina C. É também um agente excitante que estimula a circulação. O pequeno chili vermelho ou verde mexicano, possui as mesmas qualidades. 

 

Rábano 

Sua polpa tem propriedade afrodisíaca. 

 

Aipo 

O aipo contém as vitaminas A, B, C, P e minerais. É excelente para os músculos e ajuda a liquefação do sangue; também serve para reduzir o nível de colesterol e ajuda a manter as artérias limpas. Os antigos Romanos dedicavam o aipo ao deus Plutão, deus do sexo e do inferno.

 

Mostarda 

Estimula a ação das glândulas sexuais. Existem três qualidades de mostarda: preta, branca e amarela, proveniente da Índia. A mostarda conheceu um notável sucesso na Idade Média. 

 

Tomilho 

Erva que fornece óleo de poder anti-séptico. Da mesma erva igualmente se obtêm um tônico nervoso com efeitos afrodisíacos. É ainda um bom purificador para o corpo. 

 

Baunilha 

Possui efeitos eufóricos e pode ser consumida a vontade. Combate a astenia sexual, agindo no sistema nervoso central e, por meio do seu odor, age indiretamente como estimulante sexual.

 

Açafrão 

Possui propriedades estimulantes das zonas eróticas. Os estudos têm provado que ha efeitos similares aqueles dos hormônios. Atenção ao seu consumo: doses excessivas provocam risadas incontroláveis.